Base da Filosofia

http://www.facebook.com/wellingtonsversut

Filosofia do Conhecimento - Missão 23 - Kant - o fenômeno, o nôumeno

Ler de modo filosófico textos de diferentes estruturas e registros (PCNs, página 64)


Seriam os fenômenos paranormais ou fenômenos "psi" objetos de estudos considerados científicos?
http://www.nerdicesaparte.com/2011/03/mitos-reais-4-assombracao.html
Acesso em 2 de janeiro de 2012



Viviane Mosé - Ser ou não ser - Kant
Filosofia do Conhecimento
Temas: fenômeno / nôumeno
Questão Central: Podemos afirmar a existência de coisas das quais temos somente uma ideia pura não experimentável?
Filósofo: Kant (1724 - 1804)
Obra: Prolegômenos a Qualquer Metafísica Futura que Possa Vir a Ser Considerada Ciência (1783)



Biografia



Immanuel Kant (1724 — 1804) foi um filósofo alemão, geralmente considerado como o último grande filósofo dos princípios da era moderna, indiscutivelmente um dos seus pensadores mais influentes.
Alguns autores consideram que Kant operou, na epistemologia, uma síntese entre o Racionalismo continental (de René Descartes e Gottfried Leibniz, onde impera a forma de raciocínio dedutivo), e a tradição empírica inglesa (de David Hume, John Locke, ou George Berkeley, que valoriza a indução).
Kant é famoso sobretudo pela sua concepção conhecida como transcendentalismo: todos nós trazemos formas e conceitos a priori (aqueles que não vêm da experiência) para a experiência concreta do mundo, os quais seriam de outra forma impossíveis de determinar.

Ler textos filosóficos de modo significativo (PCNs)

Prolegômenos a Qualquer Metafísica Futura que Possa Vir a Ser Considerada Ciência (1783)

1 –          Proposição: O mundo tem um princípio (limite) segundo o tempo e o espaço.
                Contraproposição: O mundo é infinito segundo o tempo e o espaço.

2 –          Proposição: Tudo no mundo é constituído do simples.
                Contraproposição: Nada é simples, mas tudo é composto.

3 –          Proposição: Há no mundo causas dotadas de liberdade.
                Contraproposição: Não há liberdade, mas tudo é natureza.

4 –          Proposição: Na série das causas do mundo, há um ente necessário qualquer.
                Contraproposição: Nada nesta série é necessário, mas tudo é contingente.

Aqui está, pois, o estranho fenômeno da razão humana, do qual não pode ser dado nenhum exemplo em qualquer outro uso da mesma. Quando nós, como acontece comumente, pensamos os fenômenos do mundo sensível como coisas em si mesmas, quando tomamos os princípios de sua ligação como universalmente válidos com relação às coisas em si mesmas e não apenas com a experiência, como vulgarmente se faz e até é inevitável sem a nossa crítica: surge, então, um confito inesperado, que nunca pode ser eliminado pelo caminho dogmático habitual, porque tanto proposição como contraproposição podem ser estabelecidas por provas igualmente evidentes, claras e irrefutáveis – pois respondo pela correção de todas estas provas –, e a razão vê-se assim dividida em si mesma, um estado que alegra o cético, mas que coloca o filósofo crítico em reflexão e intranquilidade.

Dicionário Filosófico

Fenômenona filosofia de Immanuel Kant o termo 'Fenômeno' é constratado com o termo 'Nôumeno'. Os fenômenos constituem o mundo como nós o experimentamos, ao contrário do mundo como existe independentemente de nossas experiências ('das coisas-em-si'). Segundo Kant, os seres humanos não podem saber da essência das coisas-em-si, mas saber apenas das coisas segundo nossos esquemas mentais nos permitem apreender a experiência — o termo "filosofia" na época de Kant seria, hoje o equivalente aproximado do que chamamos de "ciência". A filosofia deve, portanto, preocupar-se em compreender o próprio processo da experiência.

Nôumeno – o que é apreendido pelo pensamento. Designa a realidade considerada em si mesma – a coisa-em-si, independentemente da relação de conhecimento, podendo apenas ser pensada, sem ser conhecida.

Categoria – Para Kant todo juízo pode ser considerado sob doze categorias: quantidade (unidade, pluralidade, totalidade), qualidade (realidade, negação, limitação), relação (substância e acidente, causa e efeito, reciprocidade) e modalidade (possibilidade, existência, necessidade). Elas são entendimentos puros ou conceitos fundamentais a priori do conhecimento.
Elaborar por escrito o que foi apropriado de modo reflexivo (PCNs)

1 – Relacione:
                (A) Fenômeno
                (B) Nôumeno (nómeno)
                (   ) Aparência / o mundo como nós o experimentamos
                (   ) Essência / coisa-em-si
2 – Segundo Kant, o homem só pode conhecer o:
                (   ) fenômeno                      (   ) nôumeno
3 – O que é uma antinomia?
4 – Escreva uma antinomia da razão para as seguintes afirmações:
      a)    Proposição: Deus existe.                                                    (   ) Válido     (   ) Não-válido
             Contraproposição:                                                              (   ) Válido     (   ) Não-válido
      b)    Proposição: A alma é imortal.                                           (   ) Válido     (   ) Não-válido
             Contraproposição:                                                              (   ) Válido     (   ) Não-válido
      c)    Proposição: O homem é livre.                                           (   ) Válido     (   ) Não-válido
             Contraproposição:                                                              (   ) Válido     (   ) Não-válido
5 – Segundo Kant, é possível conhecer Deus, a existência da alma, a liberdade do homem?
                (   ) sim                                  (   ) não
6 – Segundo Kant, é possível pensar sobre Deus, a existência da alma, a liberdade do homem?
                (   ) sim                                  (   ) não
7 – De acordo com a leitura relacione:
                (A) Ciências empíricas
                (B) Pseudociências
                (   ) Astrofísica
                (   ) Astrologia
                (   ) Astronomia
                (   ) Teologia
                (   ) Biologia
                (   ) Ufologia
                (   ) Parapsicologia
                (   ) Química
                (   ) Arqueologia
                (   ) Tarologia

Hora Certa

Total de visualizações de página