Base da Filosofia

http://www.facebook.com/wellingtonsversut

Filosofia Política - Missão 11 - Adam Smith - o liberalismo econômico

Ler de modo filosófico textos de diferentes estruturas e registros (PCNs, página 64)


Uma economia funciona melhor quando há bastante competição, resultando em produtos melhores sendo fabricados na quantidade apropriada e nos menores preços possíveis?

Leite Longa Vida Integral Batavo - 1 litro
Wal Mart R$ 1,65
Carrefour R$ 1,59
Big R$ 1,59
http://compareprecos.sites.uol.com.br/
Acesso em: 11 de janeiro de 2012
Filosofia Política
Tema: o liberalismo econômico
Questões Centrais: O que é o Estado Liberal? O Estado deve intervir na economia?
Filósofo: Adam Smith (1723 – 1790)
Obra: Investigação sobre a Natureza e as Causas da Riqueza das Nações (1776/84)

Biografia

Adam Smith (1723 — 1790) foi um economista e filósofo escocês. Teve como cenário para a sua vida o atribulado século das Luzes, o século XVIII.
É o pai da economia moderna, e é considerado o mais importante teórico do liberalismo econômico. Autor de "Uma investigação sobre a natureza e a causa da riqueza das nações", a sua obra mais conhecida, e que continua sendo como referência para gerações de economistas, na qual procurou demonstrar que a riqueza das nações resultava da atuação de indivíduos que, movidos apenas pelo seu próprio interesse (self-interest), promoviam o crescimento econômico e a inovação tecnológica.
Acreditava que a iniciativa privada deveria agir livremente, com pouca ou nenhuma intervenção governamental. A competição livre entre os diversos fornecedores levaria não só à queda do preço das mercadorias, mas também a constantes inovações tecnológicas, no afã de baratear o custo de produção e vencer os competidores.

Ler textos filosóficos de modo significativo (PCNs)

A Riqueza das Nações

Não é da benevolência do açougueiro, do cervejeiro, ou do padeiro que esperamos nosso jantar, mas de sua consideração a seu próprio interesse. Dirigimos-nos não a seu sentimento de humanidade, mas sim a seu amor-próprio, e nunca falamos a eles de nossas necessidades, mas sim de suas vantagens. Ninguém salvo um mendigo escolhe depender primordialmente da benevolência de seus concidadãos. Mesmo um mendigo não depende dela inteiramente. A caridade de pessoas bem dispostas, de fato, o aprovisiona com o fundo total de sua subsistência. Mas com o dinheiro que um homem lhe dá ele compra comida. As roupas velhas que alguém lhe concede ele troca por outras roupas velhas que lhe servem melhor, ou por abrigo, ou por comida, ou por dinheiro, com o qual ele pode comprar ou comida, ou roupa, ou abrigo, conforme for oportuno. (...)
Como cada indivíduo, portanto, se esforça tanto quanto ele puder seja para empregar seu capital em suporte à indústria doméstica, seja para dirigir aquela indústria de modo que seu produto possa ser do maior valor; cada indivíduo necessariamente trabalha para tornar a renda anual da sociedade tão grande quanto ele possa. Ele geralmente, de fato, não pretende promover o interesse público, nem sabe o quanto ele o está promovendo. Ao preferir o apoio da indústria doméstica à estrangeira, ele pretende apenas sua própria segurança; e ao dirigir aquela indústria de tal maneira que seu produto seja do maior valor, ele pretende apenas seu próprio ganho, e ele é neste, como em muitos outros casos, levado por uma mão invisível a promover um fim que não era parte de sua intenção. E nem sempre é pior para a sociedade que não fosse parte dela. Ao perseguir seu próprio interesse ele freqüentemente promove o da sociedade mais efetivamente do que quando ele realmente pretende promovê-lo. (...)

Dicionário Filosófico

Liberalismo – é um sistema político-econômico baseado na defesa da liberdade individual, nos campos econômico, político, religioso e intelectual, contra as ingerências e atitudes coercitivas do poder estatal. 
Apesar de diversas culturas e épocas apresentarem indícios das ideias liberais, o liberalismo definitivamente ganhou expressão moderna com os escritos de John Locke (1632 - 1704) e Adam Smith (1723-1790). Seus principais conceitos incluem individualismo metodológico e jurídico, liberdade de pensamento, liberdade religiosa, direitos fundamentais, estado de direito, governo limitado, ordem espontânea, propriedade privada, e livre mercado. 

Mão invisível – Foi um termo introduzido por Adam Smith em "A Riqueza das nações" para descrever como numa economia de mercado, apesar da inexistência de uma entidade coordenadora do interesse comunal, a interação dos indivíduos parece resultar numa determinada ordem, como se houvesse uma "mão invisível" que os orientasse.


Elaborar por escrito o que foi apropriado de modo reflexivo (PCNs)

1 – Para satisfazer nossas necessidades precisamos de diversos setores da economia e de seus trabalhadores e empresários. Por que eles produzem todas as coisas de que precisamos?

(   ) pela sua benevolência, por sua caridade, pelo seu sentimento de humanidade
(   ) por seu próprio interesse, pelo seu amor-próprio, por suas vantagens
2 – Segundo Smith, quando preferimos nossas vantagens pessoais acabamos promovendo, sem intenção, a riqueza da nação?
(   ) Verdadeiro                                                                  (   ) Falso
3 – O que é a “mão invisível” na teoria econômica de Adam Smith?
4 – Pesquise os preços de um mesmo produto em três estabelecimentos diferentes e relacione-os.
5 – Segundo Adam Smith quem deveria regular os preços do item pesquisado?
6 – Quando há um acordo comercial entre empresas produtoras para distribuir entre si cotas de produção e os mercados, e determinar os preços, suprimindo a livre concorrência, têm o crime de:
(   ) Formação de Máfia                                                    (   ) Formação de Cartel
7 – Quando uma empresa lança no mercado produtos pelo preço de custo, ou abaixo do custo, para prejudicar a concorrência, ela está cometendo a ilegalidade de:
(   ) Uprising                                                                     (   ) Dumping
8 – O que é “laissez faire”?
9 – O que é o liberalismo (econômico e político)?
10 – Quais dos partidos abaixo representam os ideais liberais no Brasil?
(   ) PR - Partido da República
(   ) DEM - Democratas - Antigo PFL (Partido da Frente Liberal)
(   ) PPS - Partido Popular Socialista
(   ) PP - Partido Progressista (ex-PPB)
(   ) PSTU  - Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado
(   ) PCB - Partido Comunista Brasileiro

Hora Certa

Total de visualizações de página