Base da Filosofia

http://www.facebook.com/wellingtonsversut

Filosofia Política - Missão 03 - Platão - a república

Ler de modo filosófico textos de diferentes estruturas e registros (PCNs, página 64)


2009Volume3_FILOSOFIA_Ensino Médio_1serie_Caderno_do_Aluno
Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Filosofia: Política
Questão Central: Quem e como se deve governar os países?
Tema: a formação do Estado
Filósofo: Platão (428/27 – 347 a.C)
Obra: A República

Biografia

Platão (428/27 – 347 a.C.) foi um filósofo grego. Discípulo de Sócrates, fundador da Academia e mestre de Aristóteles. Platão era um apelido que, provavelmente, fazia referência à sua característica física, tal como o porte atlético ou os ombros largos, ou ainda a sua ampla capacidade intelectual de tratar de diferentes temas. Plátos em grego significa amplitude, dimensão, largura. Sua filosofia é de grande importância e influência. Platão ocupou-se com vários temas, entre eles ética, política, metafísica e teoria do conhecimento.

Ler textos filosóficos de modo significativo (PCNs)

A República

SÓCRATES
- Esquece outra vez, meu amigo, retomei, que a lei não cuida de assegurar uma felicidade excepcional a uma classe de cidadãos, antes procura realizar a felicidade de toda a cidade, unindo os cidadãos quer pela persuasão, quer pela coação, e levando-os a participar dos serviços que cada classe é capaz de oferecer à comunidade; e que se ela se destina a formar no Estado tais cidadãos não é para deixar que dediquem sua atividade ao que lhes agrada, mas para fazer com que concorram para a fortificação do vínculo do Estado.
GLAUCO
- É verdade, disse; havia esquecido.
SÓCRATES
- Agora, Glauco, prossegui, observa que não seremos injustos em relação aos filósofos que se formarão entre nós, e que teremos boas razões a lhes dar, para obrigá-los a se encarregar da direção e da guarda dos outros. Nós lhe diremos, com efeito: “Nas outras cidades, é natural que aqueles que se elevam até à filosofia não participem das vicissitudes da política, já que eles se formam por eles mesmos, à margem de seu governo respectivo; ora, quando se cresce por si mesmo, e sem dever sua nutrição a ninguém, é justo que não se queira reembolsá-la a quem quer que seja. Mas vocês, nós os formamos no interesse da cidade tanto quanto em seu próprio interesse, a fim de que se tornem o que os chefes e reis são nos enxames de abelhas; nós lhe demos uma educação mais perfeita e mais completa do que a dos filósofos estrangeiros, e nós os tornamos mais capazes do que eles para aliar a filosofia e a política. Vocês devem então, cada qual por sua vez, descer até à morada comum dos outros e habituar-se a enxergar as sombras; uma vez habituados, enxergarão mil vezes melhor do que os outros, conhecerão cada figura tal como está e tal como é, por terem visto em verdade o justo, o belo, e o bom a respeito dela. Assim nossa constituição tornar-se-á uma realidade para nós e para vocês, na cidade, e não um sonho, como em muitas cidades de hoje, em que se luta contra sombras, uns com os outros e se fomenta dissensões para governar, como se fosse um grande bem. Mas eis qual é a verdade: a cidade em que governarem os que menos quiserem o comando e os que mais tardarem a tomá-lo, será necessariamente melhor e mais pacificamente governada, e o contrário se dará naquela em que os governantes forem o contrário.

Dicionário Filosófico

República(do latim Res publica, "coisa pública") é uma forma de governo na qual um representante, normalmente chamado presidente, é escolhido pelo povo para ser o chefe de país, podendo ou não acumular com o poder executivo. A forma de eleição é normalmente realizada por voto livre e secreto, em intervalos regulares, variando conforme o país. A origem da república está na Roma clássica, quando primeiro surgiram instituições como o Senado.


Elaborar por escrito o que foi apropriado de modo reflexivo (PCNs)

1 – De acordo com Platão, a lei deve procurar realizar o quê?
(   ) a distribuição igual para toda a cidade     (   ) a felicidade de toda a cidade
(   ) a liberdade de toda a cidade     (   ) a educação de toda a cidade
2 – A lei visa unir os cidadãos quer pela persuasão, quer pela coação levando-os a participar dos serviços que cada classe é capaz de oferecer à comunidade. Ainda segundo o filósofo grego, assim como o homem tem uma alma dividida em três partes, a cidade também deveria ser tripartida, conforme funções bem definidas, para as quais os indivíduos fossem escolhidos pelas suas capacidades, surgidas no processo de educação. Cabe a quem encarregar-se da direção e governar com sabedoria?
(   ) ao presidente          (   ) ao primeiro-ministro          (   ) ao rei-filósofo          (   ) ao senador
3 – Porque os a pessoa da resposta acima teria este dever?
4 – A pessoa da resposta da questão dois deve então, descer até à morada comum dos outros e habituar-se a enxergar as sombras; uma vez habituado, enxergará mil vezes melhor do que os outros, conhecerá cada figura tal como está e tal como é, por ter visto em verdade o justo, o belo, e o bom a respeito dela. Esta passagem é uma referência a famosa:
(   ) mitologia do Hades                     (   ) fábula do subterrâneo
(   ) alegoria da caverna                     (   ) narração da gruta
5 – Ao final do texto qual a conclusão (verdade) proposta por Platão?
6 – O que é República? 
7 - Conforme a ilustração, como Platão articula sua teoria da alma humana com as três classes da sociedade ateniense de sua época?
Partes da Alma           Localização                   Classe social                Virtude
(A) Racional                 (   ) Baixo-ventre            (   ) Guerreiros              (   ) Coragem
(B) Irascível                  (   ) Cabeça                     (   ) Trabalhadores        (   ) Sabedoria
(C) Concupiscente        (   ) Peito                         (   ) Governantes           (   ) Temperança

Hora Certa

Total de visualizações de página