Base da Filosofia

http://www.facebook.com/wellingtonsversut

Filosofia das Ciências - Missão 02 - Bacon - a indução

Ler de modo filosófico textos de diferentes estruturas e registros (PCNs, página 64)


O passo mais fundamental para estudar a ciência é saber como ela funciona. Infelizmente, vê-se com frequência pessoas pensarem que a ciência é um "conjunto de achismos" e que as teorias científicas são apenas "ideias oriundas da cabeça dos cientistas". O vídeo explica de forma extremamente didática como funciona o método científico e o porquê ele merece a mesma credibilidade que oferecemos às tecnologias que utilizamos em nosso dia a dia.

A série "Fácil de Entender" explica as evidências de nossas origens, do Big Bang a migração de humanos para fora da África. Esse vídeo explica como nós adquirimos essa sabedoria e como ideias vão de uma intuição no laboratório para teorias aceitas que são ensinadas nas escolas.

Enviado por em 21/02/2009
Filosofia: das Ciências
Tema: indução
Questão Central: Que método a ciência deve seguir?
Filósofo: Bacon (1561 – 1626)
Obra: Novum Organum (1620)

Biografia

Francis Bacon (1561 – 1626) Nasceu na Inglaterra. Defendeu a indução como método que consisti na observação da natureza.

Ler textos filosóficos de modo significativo (PCNs)

Novum Organum (1620)

Os ídolos e noções falsas que ora ocupam o intelecto humano e nele se acham implantados não somente o obstrui a ponto de ser difícil o acesso da verdade, como, mesmo depois de seu pórtico logrado e descerrado, poderão ressurgir como obstáculo à própria instauração das ciências, a não ser que os homens, já precavidos contra eles, se cuidem o mais que possa.
São de quatro gêneros os ídolos que bloqueiam a mente humana. Para melhor apresentá-los, lhes assinamos nomes, a saber: Ídolos da Tribo; Ídolos da Caverna; Ídolos do Foro e Ídolos do Teatro.
A formação de noções e axiomas pela verdadeira indução é, sem dúvida, o remédio apropriado para afastar e repelir os ídolos. Será, contudo, de grande préstimo indicar no que consistem, posto que a doutrina dos ídolos tenha a ver com a interpretação da natureza o mesmo que a doutrina dos elencos sofísticos com a dialética vulgar. (...)
Com efeito, na lógica vulgar quase todo trabalho tem o silogismo como objeto. (...)
Portanto, se as noções da mente (que são como a alma das palavras e as bases de toda essa estrutura e desse edifício) são vagas, falsamente ou arbitrariamente abstraídas das coisas, não suficientemente definidas e delimitadas, e finalmente errôneas de diversas maneiras, todo o edifício rui.
Rejeitamos, portanto, o silogismo, e não apenas no que se refere aos princípios (aos quais nem mesmo os lógicos o aplicam), mas também no que se refere às proposições médias que sem dúvida o silogismo produz e dá a luz, mas que são estéreis de obras, distantes da prática e destituídas de valor no que diz respeito à parte ativa das ciências. (...)
Na investigação sobre a natureza nós recorremos à indução tanto para as proposições menores quanto para as maiores.
Efetivamente, acreditamos que a indução é aquela forma de demonstração que sustenta o sentido, acompanha de perto a natureza e é vizinha das obras, quase que se misturando com elas.

Dicionário Filosófico

Indução – Processo cognitivo que, a partir do exame de certo números de casos, chega à formulação de uma lei geral, cujo alcance se estende para além dos casos considerados. Tem-se a indução perfeita quando se examinam todos os casos em que o fenômeno pode verificar-se e a imperfeita quanto isso não é possível. No primeiro caso, as conclusões são evidentemente exatas; no segundo, possuem somente um valor estatístico. Geralmente é contraposta à dedução.

Elaborar por escrito o que foi apropriado de modo reflexivo (PCNs)

1 – Quais são os quatro gêneros de ídolos que obstruem a mente humana? Faça uma pesquisa sobre eles.
2 – Qual é o remédio contra essas falsas noções?
                (   ) a indução                                      (   ) a dedução
3 – Relacione as respectivas lógicas:
                (A) Silogismo (dedução)                      (   ) discussão / palavras
                (B) Indução                                         (   ) ação / realidade
4 – Relacione:
                (A) Silogismo / Dedução                      (   ) do universal ao particular
                (B) Indução                                         (   ) do particular ao universal
5 – Dê um exemplo de silogismo (dedução) com estes três termos:
               
    Termo maior: energia (B)
                Termo médio: estrela (A)
                Termo menor: Sol (C)

                Regra:
                Toda A tem B.
                C é A.
                Logo, C tem B.

6 – Bacon ______________(rejeita / defende) o silogismo (dedução).
7 – Bacon ______________(rejeita / acata) a indução.
8 – O que é indução?
9 – Relacione:
                (A) Indução perfeita
                (B) Indução imperfeita
                (   ) Exame de alguns casos; obtemos um valor estatístico
                (   ) Exame de todos os casos; conclusão exata
10 – Utilizando o método indutivo responda:
a) O Sol é uma estrela que está gerando luz e calor na transformação de hidrogênio em hélio por fusão nuclear. Portanto, toda estrela que possui estas características pertence a qual grupo no Diagrama Hertzsprung-Russell?


http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/b/b3/H-R_diagram.gif
Acesso em: 9 de janeiro de 2012
b) Daqui a 10 bilhões de anos o hélio do Sol será consumido ao redor do caroço central e as camadas exteriores da estrela se expandirão. A fusão de hélio sustentará o Sol por cerca de 100 milhões de anos, quando então o hélio no núcleo solar esgotará. O Sol não possui massa o suficiente para converter carbono em oxigênio, e portanto, não explodirá como uma supernova. Ao invés disso, após o término da fusão de hélio, intensas pulsações térmicas farão com que o Sol ejete suas camadas exteriores, formando uma nebulosa planetária. Este cenário de evolução estelar é típico de estrelas  com massa de até 10 M Sol. No final de sua vida, o Sol (assim como todas as estrelas com estas características) se transformará em:
(   ) Gigante Vermelha
(   ) Anã Branca
(   ) Buraco Negro
(   ) Nebulosa
O ciclo de vida do Sol
http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/e/ea/Sun_Life.png
Acesso em: 9 de janeiro de 2012





Enviado por em 11/04/2011
11 - (Uel 2011) Leia o texto a seguir.
O pensamento moderno caracteriza-se pelo crescente abandono da ciência aristotélica. Um dos pensadores modernos desconfortáveis com a lógica dedutiva de Aristóteles – considerando que esta não permitia explicar o progresso do conhecimento científico – foi Francis Bacon. No livro Novum Organum, Bacon formulou o método indutivo como alternativa ao método lógico-dedutivo aristotélico.

Com base no texto e nos conhecimentos sobre o pensamento de Bacon, é correto afirmar que o método indutivo consiste
a) na derivação de consequências lógicas com base no corpo de conhecimento de um dado período histórico.
b) no estabelecimento de leis universais e necessárias com base nas formas válidas do silogismo tal como preservado pelos medievais.
c) na postulação de leis universais com base em casos observados na experiência, os quais apresentam regularidade.
d) na inferência de leis naturais baseadas no testemunho de autoridades científicas aceitas universalmente.
e) na observação de casos particulares revelados pela experiência, os quais impedem a necessidade e a universalidade no estabelecimento das leis naturais.

12 - (Pucpr 2009) “Ciência e poder do homem coincidem, uma vez que, sendo a causa ignorada, frustra-se o efeito. Pois a natureza não se vence, se não quando se lhe obedece. E o que à contemplação apresenta-se como causa é regra na prática.”
Fonte: BACON. Novum Organum..., São Paulo: Nova Cultural, 1999, p.40.
Tendo em vista o texto acima, assinale a alternativa correta:
a) Bacon estabelece que a melhor maneira de explicar os fenômenos naturais é recorrer aos princípios inatos da razão.
b) Através do conhecimento científico, o homem aprende a aceitar o domínio dos princípios metafísicos de causalidade sobre a natureza.
c) O conhecimento da natureza depende do poder do homem. Assim um rei conhece mais sobre a natureza do que um pobre estudante.
d) Através da contemplação - observação – da natureza o homem aprende a conhecê-la e, então, reúne condições para dominar a natureza.
e) Devemos ser práticos e obedecer à natureza, pois o conhecimento das relações de causa e efeito é impossível e sempre frustrante.

Hora Certa

Total de visualizações de página